Publicado em Deixe um comentário

Catnip: a erva dos gatos, conheça seus benefícios

Catnip: a erva dos gatos, conheça seus benefícios 1

Quem tem gatos provavelmente já ouviu falar sobre o famoso Catnip, mas também já vi tutores que não conhecem a respeito dessa plantinha. Se você nunca ouviu falar, fica tranquilo que explicarei melhor sobre e se você já ouviu falar, continua lendo porque é sempre importante sabermos cada vez mais sobre o mundo dos nossos gatinhos.

O Catnip, ou também chamada mais popularmente erva dos gatos tem o nome oficial de Nepeta Cataria e essa planta é da mesma família que a menta e o hortelã. O que causa as mais diversas reações nos felinos é um composto da planta chamado nepetalactona, que atua no cérebro como se fosse um feromônio, e envia sinais para outras partes do cérebro como as responsáveis pelas emoções.

Respondendo às perguntas mais comuns que recebo, não precisa se preocupar porque Catnip não vicia e não faz mal. E se você acha seu gato estranho porque ele não reage, isso também é normal. Em torno de 25% a 30% dos gatos não apresentam nenhuma reação, isso está ligada com a parte hereditária. Mas vale lembrar que pode estar relacionado à qualidade do catnip, então é interessante testar mais de uma marca.

E por que devemos oferecer Catnip para os nossos gatos? É um ótimo tipo de enriquecimento ambiental, ajudam eles a liberarem a tensão e consequentemente acabam relaxando. Podemos ver diversos comportamentos diferentes, dependendo de cada gato, alguns se esfregam, mordem, miam, rolam, lambem ou comem a planta, inclusive pulam e correm. Justamente por estimular a excitação nos gatos, logo após interagirem com o catnip eles ficam cansados e então tendem a tomar banho se lambendo e depois ficarem relaxando. E vai pelo menos 1 horinha para se recuperarem.

Encontramos nos mercados pets o catnip com a ervinha na forma desidratada, tem em spray (ótimo para quem não quer fazer sujeira), hoje em dia temos até em formato de giz (tipo de lousa) para passar no chão. E claro, encontramos a planta na sua forma natural, no vaso com terra, que considero uma opção bastante interessante por ser uma planta cat friendly (que não faz mal), e para quem tem um gato que não liga para o catnip usar a planta natural pode ser uma ótima opção pois ela é um pouco mais forte, só pegar um ramo com folhas e amassar ou picotar. Tem gatinhos que chegam a babar!

E como nós podemos usar o Catnip?

  • Podemos colocar em brinquedos para estimular os gatos a brincarem e caçarem, pode ser colocado em um paninho  também.
  • Usamos para redirecionar o gato para o arranhador, só passar o catnip no arranhador e seu gato vai se esfregar e instintivamente acaba arranhando.
  • Interessante usar dentro da caixa de transporte, para aquele gato associar a caixa com uma sensação legal ou usar para associar a qualquer outra coisa que ele possa ter medo.

É importante oferecermos apenas uma vez por semana para os nossos gatos não ficarem imune, se oferecemos todos os dias ou repetidas vezes no mesmo dia o efeito vai diminuindo. Outra coisa que gosto de ressaltar, em casas multicats (mais gatos), devemos sempre experimentar separadamente e ver como que cada gato reage, porque pode hiper estimular e quando tem mais de um gato muito excitado pode rolar aqueles tapinhas e algumas pequenas agressões. Por isso é bom saber como cada um fica, e oferecer com uma certa distância um do outro.

O catnip ainda é um mistério até para os cientistas, pois em filhotes de até 6 meses não demonstram nenhuma reação à erva, por isso está ligada à maturidade sexual mas gatos castrados reagem ao catnip sem problemas.

Então ainda tem uma dúvida, se a erva dos gatos tem uma resposta sexual, lúdica ou predatória, ou até as três respostas juntas.

Para finalizarmos, sabiam que os grandes felinos como tigres e leopardos tem os mesmos comportamentos que nossos gatinhos quando expostos ao catnip? Pois é!

Tem um estudo que comprovou a diminuição dos níveis de cortisol, que é um hormônio relacionado ao estresse, após a aplicação de catnip para onças pintadas. (Silva, 2011 – Enriquecimento ambiental cognitivo e sensorial para onças pintadas sedentárias em cativeiro, induzindo redução de níveis de cortisol promovendo bem estar).

Se reduziu o estresse em onças, quem dirá nos nossos gatinhos que vivem dentro de casa, né? Fica aí uma ótima dica de enriquecimento ambiental, que além de vermos nossos gatos exibindo comportamentos “engraçados”, estaremos gerando muito bem-estar e diminuindo qualquer possível estresse.

Compartilhe:
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *